Necromancia — Parte II

Olá, caros leitores, hoje iremos prosseguir com a necromancia e seus métodos, segunda parte. Bem, antes de começarmos, é necessário destacar que a princípio mexer com necromancia não seja algo fácil e jamais pode ser feito de forma alheia, pois os integrantes que irão iniciar a sessão de necromancia não poderá , de forma alguma, invocar os espíritos de maneira equivocada. Feito de forma egoísta ou oportunista podendo gerar raiva e ódio de espíritos fragilizados, que buscam conselhos, ao invés de relatar eventos futuros.

Na postagem anterior foi relatado os requisitos necessários para que os espíritos atuem à matéria e o método necromântico conhecido mundialmente ( tábua Ouija).

Portanto, a necromancia ou nigromancia é uma prática religiosa onde, supostamente, o médium se comunica com os mortos trazendo informações para proveito próprio ou de outrem, ou simplesmente para satisfação de curiosidade sobre seu bem estar no pós-vida. Em algumas práticas, os envolvidos alegam até mesmo trazer os mortos novamente a uma semi vida de servidão. O necromante utiliza-se de meios como incorporação, psicografia, baralhos, etc. para obter informações do mundo espiritual.

Acredita-se que, por não estarem limitados ao plano terrestre, os mortos possuem acesso a informações sobre o presente e o futuro que estão indisponíveis aos vivos. Embora o objetivo do ritual nem sempre fosse prejudicar alguém, muitos necromantes foram enforcados e queimados.

Contudo,  será abordado a partir de agora uma forma de necromancia muito utilizado na Europa Ocidental, do século XVIII, cujo fundamento é conjurar os espíritos em seu envoltório e pedi a eles informações precisas do futuro.

EVOCANDO ESPÍRITOS

Como foi descrito o método alemão da necromancia tem como base ir ao cemitério a carácter, ou seja, vestimentas escuras, em respeito aos mortos, e procurar por um túmulo específico, sendo mais claro uma lápide que lhe traga tranquilidade, e evocar com seriedade o nome do espírito que o corpo carnal está enterrado sob túmulo escolhido. Lembrando que você estará evocando um espírito desconhecido.

Em pleno silêncio,  é possível ouvir vozes humanas bem baixo lhe instruindo … tente prestar atenção nas vozes , que muitas vezes são meros sussurros sem sentido . Cuidado com o que vai dizer ou pedi .

Além disso, caso você não consiga ouvir nenhum susurro isso pode indicar que o espírito evocado está com barreiras ou se encontra em algum estágio evolutivo que impeça qualquer tipo de comunicação.

Vale ressaltar que o Eliphas Lévi praticou a necromancia de forma equivocada e acabou evocando um ser que dizia que era um demônio, segundo o próprio relata em uma de suas obras.

Nosso post termina por aqui e viva o Halloween com intensidade, pois é uma data repleta de energias magníficas .

Quase esquecemos de pedi a vocês, leitor estimado, que ajude-nos a divulgar o blog.

“A pureza do coração depura, pois a inteligência, e a retidão da vontade faz a exatidão do entendimento.” – Eliphas Levi.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s